top of page
  • Foto do escritorSecretaria Executiva

Curitiba é reconhecida como referência em transformação digital durante importante evento na capital

O secretário de Administração, Gestão de Pessoal e Tecnologia da Informação de Curitiba, Alexandre Jarschel de Oliveira, participou nesta quarta-feira (22/3) de uma das primeiras plenárias da Smart City Expo Curitiba,no Centro de Eventos Positivo (Parque Barigui).


Na plenária "Como a tecnologia está transformando os nossos desejos sobre como os governos funcionam", o secretário, que também preside o Fórum Nacional de Secretarias Municipais de Administração das Capitais (Fonac), falou da experiência de Curitiba na construção da transformação digital e destacou a importância de haver uma nova cultura, uma nova mentalidade entre servidores e gestores das diversas secretarias.

“Como sempre diz o prefeito, a inovação só é válida se for um processo social. E acrescento: precisa ser útil ao cidadão. A tecnologia deve estar centrada nas pessoas. Se não atingir quem está na ponta, o nosso público, a sociedade, não alcançaremos nosso objetivo”, defendeu o secretário.

De acordo com Jarschel, as mudanças que vêm sendo feitas na Prefeitura de Curitiba foram possíveis porque hoje há uma nova governança. “Foi isso o que colocou Curitiba como a 7ª cidade mais inteligente do mundo e a mais inteligente do Brasil”, resumiu.


“Nesta edição do Smart City Expo Curitiba, nós trouxemos uma experiência. Convido vocês para provarem o DNA de inovação da Prefeitura de Curitiba, conhecendo o projeto Bairro Novo do Caximba. E desafio vocês a pensarem numa nova forma de gestão, que permita que o planejamento seja executado utilizando o metaverso”, falou ao citar a experiência virtual que simula a realidade.



Ele ressaltou ainda iniciativas com a gestão de inteligência a partir de dados, falou das capacitações de BI – business intelligence que vêm sendo feitas para servidores, até agora, ligados a 14 secretarias. Apontou ainda o e-Cidadão, base única de dados, os mais de 600 serviços online disponíveis aos curitibanos, como o Saúde Já, e citou o Fala Curitiba, instrumento de orçamento participativo desde 2017.

 

21 visualizações0 comentário
bottom of page