Buscar
  • Secretaria Executiva

Florianópolis é a Capital brasileira com menor mortalidade por Covid-19

O município possui 500.973 mil habitantes, de acordo com o IBGE, e acumula 7.504 casos positivos para Coronavírus. Em segundo lugar está Palmas - TO, com 18,60 a cada 100 mil habitantes, seguido de Campo Grande - MS, com 19 óbitos, e Belo Horizonte com 25. O levantamento foi feito com base nos dados atualizados da pandemia disponíveis nos sites oficiais das prefeituras e governos dos estados.  O município, que adotou a quarentena de forma antecipada, em comparação com outras cidades brasileiras, também apresenta outros dados positivos, como por exemplo, o número de testes feitos para detectar o Coronavírus. Desde abril, quando os procedimentos de testagem iniciaram, até agosto, a Capital já coordenou a realização de 38.046 testes. O número é cerca de 20% a mais que a Coréia do Sul, o país que mais realizou testes no mundo. Considerando que a população do município é de 500.973 mil habitantes, o número de testes feitos indica que, proporcionalmente, Florianópolis realizou até o momento, 75.945 mil testagens por milhão de habitantes. Junto com testes realizados pela rede privada ou parcerias com o município, a cidade já testou mais de 50 mil habitantes. As ações de controle da pandemia no município contam com uma importante aliada: a tecnologia. Referência em todo país pelo pioneirismo na telemedicina, o Alô Saúde Floripa oferece atendimento pré-clínico gratuito por telefone, aplicativo ou site 24h por dia. Cada equipe de saúde da família possuem smartphones para contato direto e acompanhamento dos pacientes suspeitos e contaminados de sua área e já realizaram mais de 60 mil video chamadas. Outra ferramenta é o sistema de alerta via SMS, que avisa moradores em um raio de 200 metros, quando um vizinho testa positivo para Covid-19. O aviso orienta o destinatário a redobrar os cuidados com a higienização e distanciamento social. A plataforma de QR Code também é um case de sucesso no rastreio de possíveis contaminações pela doença. Mais de 5,3 mil estabelecimentos aderiram à esse serviço que já conta com cerca de 1,5 milhão de check-ins. O transporte coletivo também conta com a ferramenta. Em breve, mais uma ferramenta será utilizada no município. É o sistema de inteligência artificial Laura, que vai entrar em contato com os pacientes por meio de mensagens no WhatsApp fazendo perguntas simples para acompanhar o estado de saúde de casos suspeitos e confirmados para Covid-19. A iniciativa é resultado de uma parceria entre PMF e Unimed. Fonte: Site da Prefeitura de Florianópolis-SC

1 visualização
© Desenvolvido por FONAC | Todos os Direitos Reservados
Nº de Acessos: